Membros do Conselho Municipal de Saúde se reuniram na última quinta-feira, dia 23, para discutirem sobre as doenças transmitidas pelo mosquito da dengue e o grande número de muriçocas na cidade.
Como resultado foram elaboradas novas estratégias de combate aos mosquitos, que deverão ser colocadas em prática em parcerias importantes com a população, conforme explicou a coordenadora de Planejamento em Saúde, Karla Coelho:
“Estamos iniciando esta semana a preparação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e seguiremos com as demais parcerias junto ao Conselho de Desenvolvimento Rural, diretores das escolas, igrejas e outras”, disse.
Algumas ações já estão acontecendo, a exemplo da limpeza do rio e visitas dos Agentes de Endemias com tratamento dos reservatórios nas casas. Para reforçar o serviço, algumas propostas foram elaboradas:
1. Reunião com os Agentes de Saúde e de Endemias para redefinir as ações já realizadas e tentar sensibilizar a população, uma vez que o maior número de focos foram encontrados nas residências.
2. Reunião com os diretores de escolas para elaboração de estratégias junto aos estudantes.
3. Formação de uma equipe para conversar com os representantes religiosos, no intuito de que atuem como multiplicadores dos cuidados, entre outras.